Segunda, 11 de setembro de 2017, 09h01
Tamanho do texto A- A+


Geral / 2.693 vagas

VG lançará concurso e novo plano de carreiras

Atualmente 7 mil servidores fazem parte da Administração Municipal de Várzea Grande, sendo que pelo menos 2 mil são contratados temporários para substituição de licenciados ou para suprir a falta de profissionais em determinadas áreas



A Prefeitura de Várzea Grande vai realizar concurso público para 2.693 vagas em todas as áreas da administração municipal, suprindo assim necessidades decorrentes da ampliação dos serviços prestados à população principalmente em áreas essenciais como saúde, educação, social, obras entre outros.

 

Atualmente 7 mil servidores fazem parte da Administração Municipal de Várzea Grande, sendo que pelo menos 2 mil são contratados temporários para substituição de licenciados ou para suprir a falta de profissionais em determinadas áreas.

 

Estimativas apontam para uma folha de pagamento mensal que varia na casa dos R$ 22 milhões/mensais com encargos, envolvendo a Prefeitura de Várzea Grande, o Departamento de Água e Esgoto – DAE/VG que já realizou concurso neste ano e a Previdência de Várzea Grande – Previvag.

 

A intenção primordial defendida pela prefeita Lucimar Sacre de Campos é de atender recomendações de órgãos de controle, principalmente o Tribunal de Contas de Mato Grosso e o Ministério Público para manter parâmetros aceitáveis entre cargos em comissão, concursados e contratos temporários ou por prestação de serviços.

 

“Existem regras que estamos adotando providências para serem cumpridas diante do quadro encontrado e que estava em confronto com a legislação”, disse a prefeita Lucimar apontando, no entanto, que algumas contratações são essenciais e emergenciais, como nas áreas de saúde e educação, aonde o material humano é fundamental para a promoção dos serviços públicos de interesse da população.

 

Lucimar Campos apontou ainda que a área econômica da Prefeitura Municipal de Várzea Grande já publicou o processo licitatório para contratação por dispensa da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT que tem expertise na realização de concursos públicos de grande envergadura.

 

“Mais do que abrir novas perspectivas para geração de emprego e renda, estamos com certeza agregando novos valores aos profissionais que desempenham serviços em prol da cidade de Várzea Grande e das políticas públicas municipais”, frisou a prefeita da segunda maior cidade de Mato Grosso.

 

O secretário de Administração, Pablo Pereira, sinalizou que estão sendo concluídos os levantamentos de todas as áreas da Administração Municipal para que o concurso seja definitivamente agendado e realizado.

 

“A intenção da prefeita é realizar o mesmo ainda em 2017 e se possível iniciar o ano de 2018 com um mínimo de contratos temporários que serão substituídos pelos aprovados no concurso público”, frisou Pablo Pereira.

 

Ele sinalizou que além de substituir os contratos temporários, os novos servidores de Várzea Grande farão frente as demandas decorrentes da ampliação de serviços prestados.

 

A prefeita de Várzea Grande, reafirmou que vai promover a substituição ao máximo dos contratos temporários, mas que sua principal expectativa é utilizar os novos servidores na ampliação dos serviços prestados à população, já que mais de 76 obras com investimentos superiores a R$ 360 milhões estão em execução na cidade.

 

“Só na área de saúde e educação a tendência é de crescimento da ordem de até 30% no quadro de servidores novos com a inauguração de 16 Centros Municipais de Educação Infantil – CEMEIs, as antigas creches, novas Escolas Municipais, novas Unidades Básicas de Saúde – UBS, a Unidade de Pronto Atendimento – UPA do Cristo Rei, o Centro de Odontologia – CEO”, exemplificou Lucimar Campos ao lembrar que a prestação de serviços públicos depende de mão de obra qualificada.

 

O valor das inscrições será de R$ 50,00 (cinquenta reais) para nível elementar; R$ 60,00 (sessenta reais) para nível médio e R$ 90,00 (noventa reais) para o nível superior.

 

“A Administração Municipal não espera obter recursos com o concurso público, sendo que os valores cobrados custearão os serviços prestados pela empresa contratada para realizar o concurso, no caso, a Universidade Federal de Mato Grosso que tem know-how entre os melhores do Brasil”, disse o secretário de Assuntos Estratégicos da Administração Municipal, Jayme Veríssimo de Campos.

 

BOAS NOTÍCIAS

 

Os estudos que definiram o tamanho da máquina administrativa que atenderá a demanda do município de Várzea Grande a partir de 2018, apontam ainda para um novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários – PCCS que ainda está sendo finalizado.

 

“A nossa intenção é oferecer o atrativo da função pública acompanhada de uma carreira e de um salário dentro do que é executado no mercado de uma maneira em geral”, disse Jayme Campos apontando que a nova tabela salarial será divulgada em breve e deverá entrar em vigor junto com a posse dos novos aprovados no concurso público.

 

Para a prefeita Lucimar Sacre de Campos, se o cronograma estabelecido não sofrer qualquer tipo de problema, em 2018, boa parte dos aprovados já deverá ser convocada e assumir suas funções.

 

“Desejamos mais do que abrir novas perspectivas para os profissionais trabalharem para Várzea Grande. Queremos isto sim que a população que é quem paga nossos salários, o dos servidores e nosso enquanto gestores, prestem um bom serviço, com respeito, dedicação e transparência, zelando pelo que é público.

 

A prefeita lembrou ainda que Várzea Grande sofre os mesmos impactos da crise econômica que afeta o Brasil e Mato Grosso, mas que assim como se prioriza ações e investimentos, priorizar o serviço público de excelência sempre foi sua intenção, tanto que os salários são pagos de forma criteriosa e o ingresso na carreira está seguindo os preceitos legais.

 

“Volto a frisar que neste ano de 2017, completei dois anos de administração, sendo que no ano passado ainda disputamos uma eleição, então dentro do possível estamos trabalhando e nos empenhando para mudar Várzea Grande, construindo uma cidade diferenciada, com serviços públicos de qualidade. Falar que iremos acabar com todos os problemas seria uma imprudência e abusar da população e isto não faremos. Agora podem ter a certeza de que não faltará, empenho, dedicação e principalmente lisura e respeito no trato com a coisa pública.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados